SBB – CFF – FFS

Por: Ferreoclube   Dia: 22 de dezembro de 2017

A SBB- Schweizerische Bundesbahnen, no francês CFF- Chemins de Fer Federales e italiano FFS- Ferrovie Federali Svizzere, e no Romanche Viafers Federalas Svizras(nome não oficial), é uma companhia ferroviária estatal da Suíça. A empresa foi fundada em 01/01/1902, com sede em Berna, e possui cerca de 3.200Km de linhas em todos os cantões do país, com 792 estações e 193 terminais de carga. Desde 1999, a companhia foi repassada aos governos locais, que detêm parte significativa da participação acionária em conjunto com o governo central. A SBB possui cerca de 30.000 empregados, e gera milhares de empregos indiretos em todo o país.

 

A companhia foi criada no final do Século XIX, época que todas as ferrovias suíças eram privadas, e os poderes econômicos e políticos em jogo, somados à corrupção levaram à realização de um referendo em 20 de fevereiro de 1898 em todo o país sobre a criação de uma companhia ferroviária nacional. Com a prevalência dos votos a favor, o governo estatizou as ferrovias do país em 31/12/1901 e formou a SBB em 01/01/1902. A viagem inaugural da SBB foi o trem de Zurique-Berna-Genebra, de 31/12/1901.

 

As ferrovias estatizadas foram as seguintes:

 

ASB- Aargauische Südbahn

BöB- Bötzbergbahn

NOB- Schweizerische Nordostbahn

SCB- Schweizerische Centralbahn

TB- Toggenburgerbahn

VSB- Vereinigte Schweizerbahnen

WR- Tösstalbahn including the Wald-Rüti Railway

WB- Wohlen-Bremgarten Railway

JS- Jura-Simplon-Bahn (JS)

Brünigbahn

E mais outras companhias menores, que foram estatizadas posteriormente.

 

A organização conta com as subsidiárias SBB GmbH, Thurbo, RegionAlps, AlpTransit, Gotthar AG, dentre outras para as operações em países vizinhos, como Itália e Alemanha. A SBB também conta com a Fundação SBB Historic, fundada em 2002 e responsável pela preservação de documentos e materiais históricos da empresa. São transportados, em média, 365 milhões de passageiros e 48 milhões de toneladas de carga por ano e (2013). Os serviços de transporte da SBB são divididos para as diversas demandas de seus clientes:

 

Regio: Paradores- páram em todas as estações

S-Bahn: Suburbanos- Atendimento às regiões metropolitanas

Regio Express: Trens locais para acesso aos distritos

Inter Regio: Inter regionais entre os cantões

Inter City: Expressos entre as cidades principais

Inter City Tilting Train: Idem ao Inter City, porém sem composições especiais/Double Deck

City Night Line: Trens noturnos(especialmente para a Holanda, Áustria, Dinamarca e Alemanha).

SBB Cargo: Transporte de mercadorias.

 

A SBB também conta com parcerias com outros operadores suíços, como a BLS AG, para lidar com o tráfego adicional de trens regionais, como os S-Bahn, e com uma vasta frota de vagões, carros, locomotivas a diesel e elétricas e trens-unidade para oferecer todos os serviços listados. A bitola utilizada em toda a malha é a Standard(1.435mm), e todas as linhas são eletrificadas. e os serviços de transporte são separados em 5 divisões: A SBB Cargo AG, destinada ao transporte de cargas, SBB Passenger, para o transporte de passageiros, Infrastructure, Real Estate e Core Serviçes.

 

A moeda adotada pela companhia, tanto para o pagamento de funcionários, como para cobrança de fretes e passagens, é o Franco Suíço(CHF), moeda oficial do país. A gestão da SBB é realizada pelo governo central, com grande participação dos governos locais(Cantões), que definem as metas organizacionais a cada 4 anos. Ao longo dos anos, a SBB transformou-se em um símbolo da Suíça, assim como outros do país, e de pontualidade e eficiência no transporte ferroviário. A companhia foi pioneira na eletrificação de suas linhas, e organização de tempo por meio dos populares relógios ferroviários da Mondaine. A empresa está sempre em constante inovação, buscando oferecer os melhores serviços de atendimento industrial e viagens, e é classificada como uma das melhores da Europa.

 

netzkarte_f_r_den_bi_0.spooler.download

Mapa da rede viária da companhia

 

6203105534_c40d7-89f95

Gàre da estação ferroviária de Berna

 

Koblenz

Trem de carga da SBB Cargo em Koblenz

 

IMG_5759

Inteiror do andar superior de um carro double-deck da companhia. Janeiro de 2014

 

Fachada da estação de Basel (Basileia), em janeiro de 2014

 

IMG_1547

Trens de passageiros da SBB na estação de Basel (Basileia), em janeiro de 2014

 

 

SBB Cargo Re 4/4 II 11309 + SBB Cargo Re 6/6 11656

Locomotivas SBB Cargo Re 4/4 II nº11309 e SBB Cargo Re 6/6 nº11656 no interior da Suíça

 

IMG_5824

Trem-unidade RABe 522 na estação de Lucerna. Janeiro de 2014

 

IMG_5686

Locomotiva Re 4/4 na estação de Lucerna, em janeiro de 2014

 

IMG_6003

Trem expresso tracionado por uma Re460 chegando na estação de Genebra. Janeiro de 2014

 

IMG_5788

João Rodrigues ao lado de um ICE da DB na Basileia, em janeiro de 2014

 

IMG_5688

João Rodrigues ao lado de uma Re 4/4 em Lucerna. Foto de janeiro de 2014

 

IMG_5995

Plataformas da estação de Genebra

 

IMG_5989

Locomotiva Re620 com uma composição de carga. Janeiro de 2014

 

IMG_5673

Locomotiva diesel – elétrica AM841 nas proximidades de Lucerna, em janeiro de 2014

 

Fachada da estação de Zurich, em janeiro de 2014

 

IMG_5758

Trem IC 2000 prestando serviços intermunicipais em Zurich, em janeiro de 2014

 

IMG_5753

Plataformas da estação de Zurich, em janeiro de 2014

 

Railjet da ÖBB na estação de Zurich, em janeiro de 2016, por Arthur Bilheri

 

 

Fontes: Ferreoclube (http://www.ferreoclube.com.br); Irene Travel Blog (https://irene-travelogue.com); Railpictures (http://www.railpictures.net); SBB (http://www.sbb.ch/en/home.html).

Posts Relacionados

SBB – CFF – FFS

Postado em:

Continuar Lendo

E.F. Madeira-Mamoré

Postado em: 15 de dezembro de 2017

Continuar Lendo

Viação Férrea Federal Leste Brasileiro

Postado em: 8 de dezembro de 2017

Continuar Lendo

Great Western of Brazil Railway

Postado em: 24 de novembro de 2017

Continuar Lendo
%d blogueiros gostam disto: