As cidades e o transporte

Por: Ferreoclube   Dia: 19 de setembro de 2014
As capitais e as grandes cidades brasileiras, são, como em todo o mundo, um grande mosaico de culturas e classes sociais diferentes coexistindo e convivendo nos seus espaços públicos.
No nosso País, a convivência em sociedade e exercício da cidadania são atividades particularmente delicadas e difíceis devido às grandes desigualdades e heterogeneidade nas nossas capitais e grandes cidades, e à nossa mínima importância em um município de de um, dois, cinco e até onze milhões de habitantes, como é o caso de São Paulo.
Examinando mais profundamente a nossa Terra da Garoa, a maior cidade do Brasil tanto em tamanho como em população, é bastante complicada a administração e aproveitamento coletivos de uma metrópole que se estende, imponente, por muito além do que podemos imaginar.
O uso dos espaços coletivos em São Paulo sequer é usado em todo o seu potencial, devido ao desconhecimento da cidade por grande parte de sua população, cuja área de conhecimento se restringe aos bairros de residência e trabalho.
Tal restrição se deve, em grande parte, à limitação do transporte público paulistano, que conta com uma rede insuficiente para atender as demandas, apesar da sua alta eficiência nas áreas em que opera, como no caso da CPTM e EMTU.

 

Uma futura reinvenção da cidade de São Paulo certamente deverá partir do setor de transportes, o principal a nos permitir um conhecimento mais amplo da cidade em que vivemos, reinventando o padrão de transporte e deslocamento do paulistano e o modo como será vista, por seus mais de 10 milhões de habitantes, a nossa terra da garoa, a cidade de São Paulo.

Posts Relacionados

E.F. Madeira-Mamoré

Postado em: 15 de dezembro de 2017

Continuar Lendo

Classificação AAR de locomotivas

Postado em: 15 de setembro de 2017

Continuar Lendo

Traçado Sênior 4 – Frateschi (Antigo)

Postado em: 8 de setembro de 2017

Continuar Lendo

Homem e Máquina

Postado em: 1 de setembro de 2017

Continuar Lendo